domingo, 14 de novembro de 2010

Difícil de traduzir


-Entendeu o que ele disse?
-Sim.
-E o que foi?
-Ehhh..
Parece mentira, né? Se entendeu o que foi dito, e tem uma alta capacidade de expressão em português, como é que ainda tem que parar para pensar em como vai dizer? A questão é que existem frases que têm uma estrutura ou sutilezas que passam de longe sem nenhuma equivalência em português. E eu, para completar, sou perfecionista e não gosto de passar só a ideia geral perdendo os detalhes. Dou dois exemplos:
"Tu est pas mal drôle!". O pas mal é equivalente a "nada mal". Para explicar, vou começar com outra frase: "C'est pas mal froid". Quer dizer "o frio não está nada mal". A primeira frase quer dizer que tu estás engraçado, somado a ideia do nada mal. O mais próximo que encontrei foi "de engraçado, tu não estás nada mal".
Em inglês, tenho como exemplo o trocadilho "I'm a dam engineer". Se eu somente traduzir, vai ficar "eu sou um engenheiro de represas". Porém, dam é homônimo homófono de damn, que significa ao pé da letra maldito mas tem outras sutilezas. Caramba! Detonei no homônimo homófono, hein? Quer dizer que as duas palavras têm a mesma pronúncia. Então, a frase soa ao mesmo tempo como "eu sou um engenheiro de represas" e "eu sou um puta engenheiro". Desculpem o palavrão, mas damn também soa como palavrão e serve como enfatizador. E essas sutilezas são bem difíceis de serem expressadas e principalmente para falar sem muito tempo para pensar.
E para matar qualquer tradutor, tem a frase que foi feita de propósito para ser impossível de ser escrita. "Un sot avait pour mission de faire parvenir le sceau d'un seigneur à son roi. Il l'a mis dans un seau et est parti à cheval. Le cheval a fait un saut et les trois ..... sont tombés". Que dizer: "Um idiota tinha como missão levar um carimbo de um senhor a seu rei. Ele o colocou dentro de um balde e saiu a cavalo. O cavalo deu um salto e os três ..... caíram. Sot/idiota, sceau/carimbo e seau/balde se pronunciam do mesmo jeito (lembram dos homônimos homófonos ?). Quando falada a frase, usamos no espaço pontilhado essa pronúncia para dizer que os três elementos cairam ao mesmo tempo. Porém, cada uma se escreve de uma forma diferente.
E aí?

5 comentários:

  1. Ow Alexei! Vc podia dar os créditos pra quem te passou o esquema da frase dos sot(saoul)/sceau/seau ... humpf! :)

    ResponderExcluir
  2. Eu evito citar as pessoas com medo de que não gostarem. Neste caso, os créditos por essa frase bem curiosa são todos seus!

    ResponderExcluir
  3. Eita frasezinha complicada. Hehehe.

    E a vida segue...

    ResponderExcluir
  4. Alexei vivo caindo nessas "pegadinhas idiomáticas".
    Como já conversamos uma vez, de vez em quando pensamos em outro idioma e hoje me aconteceu isso em uma consulta. Pensei em uma palavra em inglês, não encontrei um significado em português e fiquei intrigada... no final das contas decidi deixar o assunto de lado, pois não consegui lembrar de nenhuma palavra que transmitisse a idéia tão bem quanto aquela em inglês...

    ResponderExcluir
  5. Ale: É chato quando temos mais capacidade expressiva mas não podemos usar. Aqui é o contrário. O pessoal combina os idiomas para expressar do jeito que for mais apropriado.

    ResponderExcluir